Profissão Soldador. Função, ganho, mulheres e outros

Perguntas e respostas sobre a profissão de soldador. Qual os segmentos de mercado que o(a) soldador(a) pode atuar? Há espaços para mulheres no mercado de solda? Veja as respostas.

Qual a função de um(a) soldador(a)?

Um soldador sempre irá trabalhar com peças metálicas. A função varia conforme o cargo que o soldador ocupa na hierarquia, que pode ser auxiliar de soldador, meio oficial soldador, maçariqueiro e operador de corte e solda. Dentro dessas funções, o soldador é responsável pelo corte, furos, soldas e também pelos equipamentos utilizados nessas atividades.

Qual os segmentos de mercado que o(a) soldador(a) pode atuar?

As opções são muitas. A construção civil está entre um dos ramos que oferece uma grande quantidade de vagas para soldadores, especialmente em se tratando de grandes obras, as de infraestrutura realizadas por governantes. O setor automobilístico também emprega uma quantidade considerável de soldadores. Outras possíveis áreas de atuação são no campo naval, de mineração, petróleo e gás.

Qual a qualificação exigida para ser um(a) soldador(a)?

Profissão de soldador

Antigamente, havia poucos cursos de especialização em solda, o que resultava em mão de obra pouco especializada. Atualmente, existem diversos cursos técnicos que ensinam todos os aspectos para que a pessoa esteja apta a exercer a profissão de soldador, além de outros cursos de atualização que permitem que o profissional esteja preparado para lidar com as novidades e inovações do setor.

Há posições para mulheres no mercado de solda?

Sim, e esta é uma das principais transformações que a profissão sofreu nos últimos anos (não só essa). Em última instância, solda também é um trabalho que envolve cuidado, já que o resultado final deve ser esteticamente agradável. E por esse e por inúmeros outros motivos que várias empresas passaram a adotar mulheres em seu quadro de funcionários.

A tecnologia está tirando o espaço da mão de obra humana dentro da profissão?

É fato que a automação se faz cada vez mais presente no trabalho do soldador. Mas isso não significa que ela está tirando o espaço do profissional, pelo contrário, ela vem para somar. No entanto, é necessário que o soldador esteja preparado para trabalhar em conjunto com a tecnologia.

Quais as possibilidades de ganho de um(a) soldador(a)?

Depende, pois há vários tipos de atuação e em várias áreas, como consequência, cada uma delas pode oferecer remuneração diferente. De acordo com pesquisa realizada no site Saláriometro da Fundação FIPE, há pelo menos os seguintes cargos relacionado a soldador:

  • Soldador de solda à forte
  • Soldador manual
  • Montador Soldador
  • Soldador autógeno
  • Soldador de oficina mecânica
  • Soldador de solda branca
  • Soldador de solda elétrica e oxiacetileno
  • Soldador mecânico
  • Soldador a oxiacetileno
  • Soldador a oxigênio
  • Soldador a arco elétrico
  • Soldador com maçarico e arco elétrico
  • Funileiro soldador
  • Soldador de jóias
  • Soldador de veículos
  • Soldador a oxigás
  • Soldador elétrico
  • Soldador aluminotérmico em conservação de trilhos

Segundo esse mesmo site, o salário é de R$2.028,00. Esse valor é para algumas das funções acima citado e é a média paga a profissionais de todo o país. Como sabemos os salários podem oscilar de acordo com a região, porte da empresa, entre outros. A consulta foi feita em 10 de agosto de 2018.

Por Redaweb e redação