Médico dermatologista. Atividades e área de atuação

Perguntas e respostas sobre o dermatologista. O que ele faz, como é a formação educacional, atividades e áreas de atuação deste profissional da medicina. Veja as respostas aqui.

» Página Inicial


O que faz um dermatologista?

O dermatologista é o profissional especializado no diagnóstico, tratamento e na prevenção de doenças que atingem o maior órgão do corpo humano: a pele. Ele estuda desde as simples infecções e reações inflamatórias até os tumores. A atividade de um dermatologista engloba também as doenças em anexos cutâneos, como nos cabelos e nas unhas.

Qual a grade básica para a formação desse profissional?

Para se especializar em dermatologia, antes de mais nada, é necessário ter o diploma de Medicina. Nessa jornada de estudos, a pessoa passa por uma grade básica preenchida pelas seguintes áreas: Alergologia Básica, Anatomia, Biologia, Imunologia, Infectologia, Ginecologia e Obstetrícia, Fisiologia, Oncologia Básica, Patologia Cutânea e Microbiologia.

Como é a formação educacional?

Para conquistar este o título profissional, a jornada não é nada simples. Tudo começa com uma formação no curso superior de Medicina (que tem duração de seis anos), seguida de especialização (que equivale a uma pós-graduação) e residência segmentada na área de Dermatologia (no mínimo dois anos) ou estágio (duração de três anos).

Depois desse longo processo, a pessoa deve prestar um exame, proposto pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) em parceria com a Associação Médica Brasileira (AMB), para obter o título de dermatologista.

Quais as principais atividades?

Ele tem uma rotina baseada nas seguintes atividades: verificar o histórico familiar e pesquisar mais a fundo sobre os pacientes, prevenir e diagnosticar o câncer de pele e outras doenças, analisar queixas e sintomas, solicitar exames, receitar e acompanhar o tratamento.

O dermatologista pode atuar em quais áreas?

O profissional formado neste especialidade tem habilitação para trabalhar nas áreas clínica ou hospitalar - tanto na rede pública quanto na rede privada - em laboratórios, no segmento de pesquisa e também na área da educação.

O dermatologista pode, também, escolher por atuar em três áreas específicas que necessitam de especialização: Cosmiatria, que estuda os efeitos dos cosméticos sobre a pele; a Hanseologia, em que o dermatologista foca seu trabalho na doença hanseníase; e Cirurgia Dermatológica, na qual o cirurgião dermatológico atua na realização de cirurgias na pele.


 

Veja também



© 2018   |   Guia Trabalho: Profissão, formação e mercado de trabalho   |   Política de Privacidade