Contabilista ou contador: Salário, formação e escritório de contabilidade

Perguntas e respostas sobre o Contabilista ou Contador como: Salário Médio deste Profissional, Formação necessária, O que é melhor: ter o próprio escritório ou trabalhar para uma empresa e Outras Possibilidades de Atuação.

» Página Inicial


O que faz um Contabilista ou Contador?

Antes de responder a esta pergunta acho interessante falarmos do Técnico de Contabilidade, pois quando utilizamos o termo Contabilista estamos nos referindo a todos os profissionais da área: Técnicos em Contabilidade e Contadores. Desde Junho de 2015 o CFC – Conselho Federal de Contabilidade, por força da Lei 12.249 aprovada em 2010, não aceita mais o registro dos Técnicos em Contabilidade que até então podiam se registrar e atuar como responsáveis contábeis pelas empresas. Por se tratar de uma mudança recente, 2015, ainda encontramos no mercado de trabalho muitos profissionais registrados no Conselho que possuem somente a formação já que a referida lei não determinou o fim dessa categoria. Diante desse cenário o termo Contabilista não define a formação do profissional, curso técnico ou superior, somente a área de atuação com o devido registro. Já o termo Contador refere-se única e exclusivamente ao profissional com Ensino Superior e o respectivo Diploma de Bacharel em Ciências Contábeis.

Contabilidade

A partir desse momento utilizarei o termo Contador para responder as questões. Uma pessoa que possui formação Bacharel em Ciências Contábeis pode desempenhar diversas funções que vem ao encontro das necessidades da empresa onde trabalha. Entre os cargos que podem ser ocupados por este profissional podemos citar: Assistente Contábil, Analista Contábil, Coordenador Financeiro, Coordenador Contábil, Gerente Contábil, Contador, Consultor, Auditor, Perito Contábil, entre outros. Cada um destes cargos possui suas responsabilidades e tarefas específicas. Dentre as responsabilidades do contador podemos citar a elaboração das Demonstrações Financeiras, além da confecção da folha de pagamento e obrigações acessórias relativas ao Departamento de Pessoal e apuração de impostos e obrigações acessórias relativas ao Departamento Fiscal. Importante salientar que essas responsabilidades vêm ao encontro do cargo que o contador exerce.

Qual o salário médio?

Assim como as funções variam de acordo com o cargo ocupado pelo Contador, o salário também varia dentro desta mesma perspectiva. Outras variáveis, como o tempo de serviço e a experiência na função também tem influência direta no valor dos rendimentos de um Contador. Os salários variam R$1.250,00 para Auxiliares Contábeis até R$25.000,00 para Controller. Estes podem variar para mais ou menos de acordo com o estado de trabalho e as demais variáveis já citadas.

O que é preciso para ser um profissional desta área?

Para ter o direito de exercer a atividade remunerada de Contador é preciso se graduar no Curso de Bacharel em Ciências Contábeis. Atualmente mais de 1000 instituições brasileiras são credenciadas para oferecer este Curso Superior. Além do curso, é necessário ser credenciado pelo Órgão Regulador no estado onde se pretende atuar. O Conselho Regional de Contabilidade do estado é o responsável por credenciar os profissionais e para obter esse credenciamento é necessário se submeter a uma prova denominada Exame de Suficiência que foi criada com o objetivo de garantir o nivelamento e a qualidade dos serviços contábeis.

O que é melhor: ter o próprio Escritório Contábil ou trabalhar para uma empresa?

Muitos contadores recém-formados têm o pensamento de abrir o seu próprio negócio. É fato que os Escritórios Contábeis que possuem uma grande carteira de clientes são extremamente rentáveis. A maior dificuldade de novos Escritórios Contábeis é justamente a prospecção de novos clientes e muitas vezes diante dessa dificuldade o profissional se sente limitado em seu desenvolvimento e opta por procurar emprego fixo em uma grande empresa. A verdade é que o Contador deve analisar as vantagens e desvantagens de ser empregador e as vantagens e desvantagens de ser empregado. Após essa análise é possível decidir o que mais se encaixa no seu perfil e nos seus objetivos para o futuro.

Existem outras possibilidades de atuação para este profissional?

Além das opções citadas nas perguntas acima também é possível que o Contador desempenhe atividades que não estão relacionadas ao Escritório Contábil ou trabalhar em uma empresa. Entre essas atividades as mais comuns são: Consultores Autônomos, Peritos Contábeis e Professores Universitários. Importante salientar que para atuar na área acadêmica é necessário, no mínimo, uma titulação de Especialista.

Quais são as finalidades de contabilidade?

A contabilidade tem duas funções básicas:

Ela é direcionada para sócios, acionistas, proprietários, diretores, empregados, clientes, fornecedores, órgãos governamentais, instituições financeiras e entre outros.

Qual conceito?

Uma ciência que estuda ,registra e controla os fatos ocorridos dentro no patrimônio das entidades de fins lucrativos ou não. Interpretando as variações patrimoniais das entidades, isto é, a situação econômica e financeira, gerada pelas atividades, mediante o registro de fatos. Sendo assim um instrumento que fornece o máximo de informações úteis para os sócios, dirigentes, acionistas e demais usuários tomar decisões dentro e fora da empresa.

Quais técnicas utilizadas?

Escrituração- registro de todos os fatos que ocorrem no patrimônio;

Demonstrações Financeiras-exemplos: balanço patrimonial, demonstrações de resultado do exercício, demonstração de lucros ou prejuízos acumulados no determinado período.

Quais os princípios fundamentais?

O Conselho Federal de Contabilidade determinou os seguintes princípios fundamentais de contabilidade:

Qual sua função administrativa?

Controlar o patrimônio- conjunto de bens, direitos e obrigações, vinculados a uma pessoa ou a uma entidade. Que são adquiridos ao longo de suas atividades econômicas e financeiras.

Qual sua função econômica?

Apurar o resultado(rédito).

Resultado-diferença entre o valor das Receitas e o valor das Despesas. O resultado pode ser:

Receitas-são valores apurados, em determinado período de tempo, geralmente mensal. Em contabilidade, o principal conceito de receitas baseia-se na entrada e contabilização de recursos vindos de venda de mercadorias ou de uma prestação de serviços. Outras fontes de recitas podem advir de atividades financeiras exemplo: aluguéis, rendimentos de uma aplicação financeira, juros e etc.

Despesas-são todos os gastos que uma empresa precisa ter para suprir seus processos. E investimentos são despesas que poderão vim a gerar algum tipo de receita. Há despesas fixas como por exemplo: salários, luz, água, impostos, telefone etc.


 

Veja também



© 2018   |   Guia Trabalho: Profissão, formação e mercado de trabalho   |   Política de Privacidade