Médico angiologista. Formação e área de atuação

Perguntas e respostas sobre a profissão de médico angiologista. O que ele faz, qual a área de atuação e qual a formação necessária para o exercício desta profissão no Brasil.

» Página Inicial


O que faz um angiologista?

Literalmente falando, a profissão de um angiologista diz respeito ao especialista médico que é responsável em detectar doenças relacionadas aos vasos e às artérias e que não precisam de intervenção cirúrgica. Ou seja, este profissional analisa e estuda toda a movimentação do sangue humano, fazendo com que a sua circulação esteja sempre em ordem.

Logo, a angiologia é considerada como a ciência médica que se preocupa com o tratamento clínico das doenças que ocorrem nos vasos linfáticos e sanguíneos, como as veias e as artérias. A sua área de atuação se dá em conjunto com a cirurgia vascular, que tem como ocupação o tratamento cirúrgico das doenças em questão.

Qual a área de formação?

Para uma pessoa ser classificada como angiologista, precisa ter cursado a faculdade de Medicina. No entanto é uma área bem ampla, uma vez que permite que o profissional atue em conjunto com a cirurgia vascular, especialidade também relacionada. A cirurgia vascular, sobretudo, é destinada à parte cirúrgica das doenças vasculares.

Muito embora sejam duas especialidades divergentes, ambas pertencem a SBACV, Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. É importante deixar claro que o angiologista tem a obrigação de cumprir com os requisitos que a área de angiologia exige. Nesse caso, a análise, o estudo e o tratamento das doenças dos vasos e artérias, em que o tratamento requer atuações que agenciem, antecipem e procurem a recuperação da saúde por meio de medicamentos, exercícios físicos com assiduidade e mudanças rotineiras de vida.

E a área de atuação?

Como já foi mencionado anteriormente, a área da angiologia é vasta, pois o profissional pode trabalhar em todas as partes do corpo humano. Porém, a principal é o cuidado com as veias e com as artérias e o tratamento de todos os tipos de problemas referentes à circulação.

O que se pode dizer é que as doenças venosas são mais comuns e, consequentemente, mais conhecidas. Por exemplo: um dos assuntos abordados pelo angiologista é a chamada estenose de carótida, ou seja, é quando a artéria responsável por levar o sangue até o cérebro entope e pode provocar o derrame. Outra doença que compete a este profissional é o aneurisma da aorta.


 

Veja também



© 2018   |   Guia Trabalho: Profissão, formação e mercado de trabalho   |   Política de Privacidade