Como consultar o FGTS na Caixa Econômica Federal

O FGTS é um dos direitos trabalhistas mais importantes. De iniciativa do Governo Federal, o programa existe desde 1996 como forma de proteger o patrimônio do trabalhador e fornecer-lhe auxílio em caso de demissão sem justa causa ou para a compra de imóveis.

O FGTS é depositado pelas empresas contratantes a todos os funcionários em regime formal CLT, correspondendo a 8% do salário e depois é acrescido em 3% de taxas e atualização inflacionária.

Não é preciso estar desempregado para usufruir do fundo de garantia, ele também pode ser concedido para finalidades específicas, como, por exemplo, a compra de imóveis dentro de alguns requisitos. Se não for sacado, o FGTS se acumula e o valor não é expirado.

Muitos trabalhadores desconhecem as possibilidades de usufruto do FGTS ou sequer sabem quanto possuem de valores acumulados. Essa informação, porém, pode ser obtida a qualquer dia e horário através dos terminais de consulta próprios. Conheça abaixo como consultar o seu FGTS:

Como consultar o FGTS?

Extrato FGTS Caixa

Ao contrário de outros benefícios, o FGTS não pode ser consultado por telefone, porém, existem outros canais de comunicação por onde o trabalhador poderá obter o seu extrato.

  • Nas agências: O trabalhador poderá consultar o extrato de seu FGTS pessoalmente nos balcões de atendimento em qualquer agência da Caixa Econômica. Para quem possui o cartão cidadão, o extrato também poderá ser consultado em qualquer posto de atendimento
  • Pela Internet: A forma mais prática de consultar o FGTS é pela internet. Basta acessar o site da Caixa com o NIS (PIS/PASEP) em mãos. Na tela, o trabalhador precisará criar uma senha Internet, colocando o número e clicando no link “cadastrar senha”.
  • Pelo Correio: Mantenha seu endereço atualizado na Caixa e você receberá em casa, salvo engano, a cada dois meses o extrato do seu fundo de garantia. Nele constará as informações do empregador, o número do PIS e também da sua conta no FGTS, o saldo anterior, o histórico dos lançamentos e o saldo atual da sua conta.
  • Aplicativo: Há também um aplicativo da Caixa que você pode instalar em seu celular e assim ter a opção de consultar regularmente o saldo da sua conta. Ele está disponível nas lojas do Google Play para celular que rodam com Android ou na App Store para celulares e dispositivos da Apple como o iPhone e o iPad.

Rapidamente ele será direcionado a uma página onde fornecerá os dados pessoais para conferência do NIS e a criação de uma nova senha. Ao acessar o sistema, o trabalhador poderá consultar FGTS, PIS e Seguro Desemprego. Na aba FGTS, é possível acessar o extrato simplificado e o extrato completo.

Além da consulta no portal da Caixa, é possível também configurar o sistema para o recebimento de atualizações periódicas do extrato de FGTS por e-mail ou mensagem de celular, automaticamente.

É possível também configurar um endereço para receber bimensalmente o extrato completo do FGTS ou acessá-lo através do aplicativo da Caixa disponível para Android, IOS e Windows. Dessa maneira, o acompanhamento do FGTS é ainda mais prático.

Revisão e correção do saldo

Trabalhadores que receberam o FGTS nos períodos de 1999 e 2013 têm direito a solicitar uma revisão e correção do valor, atualizado segundo as perdas relativas à desatualização inflacionária do período. Para isso, porém, é preciso entrar com uma ação judicial contra o governo e pode ser realizada através de um advogado.